A concorrência no mercado de salões de beleza é grande e, segundo estimativas, irá crescer cada vez mais. Em um cenário como este, é fundamental que todos se destaquem na maior quantidade de fatores possível, e não somente no serviço oferecido. Isso faz com que decorar o salão de beleza seja uma prioridade importante na sua criação e suas reformas, não podendo ser negligenciada de jeito nenhum.

Salões deixaram de ser apenas locais de prestação de serviços de beleza e passaram a ser lugares de encontro de amigas e grupos. Portanto, é preciso que o espaço tenha estilo, versatilidade e aconchego, para que o seu público seja atraído e, posteriormente, consolidado.

Saiba, no entanto, que a decoração deve ser feita com muita cautela. Por mais que o gosto do proprietário conte na escolha dos móveis e outros objetos decorativos, a função primordial é atender às expectativas dos clientes. Além disso, tudo precisa estar organizado, contribuir com o trabalho dos funcionários e fazer sentido no conjunto.

Elementos que não tenham objetivos claros podem atrapalhar a rotina de serviço do salão, então procure evitá-los. Opte por itens que sejam bonitos, mas que, ao mesmo tempo, tenham funcionalidade. Um armário que combine com a identidade do salão e apresente facilidade em guardar e encontrar produtos, por exemplo.

Tendo tudo isso em mente, você será capaz de começar a decorar seu salão de beleza com sucesso. Leia as dicas abaixo e saiba, passo a passo, como executar uma decoração linda e eficiente!

 

Defina o público alvo

Antes de começar a decorar o salão de beleza e, até mesmo antes de planejar um, é preciso definir qual será o público dele. A estética mais recomendada para o atendimento feminino não é a mesma que para o masculino. Um cuidado redobrado é necessário na hora de escolher elementos para ambientes unissex.

 

Escolha um estilo

Muitas subcategorias podem existir dentro dos diferentes públicos, então o ideal é que você se mantenha fiel a uma delas, para que a identidade do salão seja reconhecida imediatamente. Alguns exemplos de estilos para você se inspirar são: minimalista, clássico, vintage e retrô.

 

Elabore o projeto

Quando você projeta o que será feito, fica mais fácil estabelecer a disposição dos móveis, escolher as principais cores e demais materiais. O arranjo deve privilegiar a circulação, dividindo o espaço em área de atendimento e espera e área de serviço. É recomendado contar com o trabalho de um profissional como um arquiteto para criar um projeto único para o seu caso.

 

Área de atendimento e espera

Este será o primeiro ambiente com o qual os clientes terão contato, então é de extrema importância que ele os receba bem. Um balcão que caiba tudo que será necessário para atender às pessoas, como um computador e amostra de produtos é essencial, assim como pequenos agrados como água e café.

Para melhor acomodar quem estiver esperando pelos serviços, disponibilize um sofá. Ele irá deixar o cliente confortável, além de economizar espaço em relação a poltronas. Deixe visível a senha do wi-fi e tenha também catálogos e revistas.

 

Área de serviço

Normalmente dividida em área de cabeleireiro e área de manicure, o ambiente de serviço deve sempre servir e colaborar com o trabalho dos funcionários, desde o design e o layout até a escolha dos móveis.

Espaços de cabeleireiros devem conter armários, espelhos, cadeiras (preferencialmente poltronas confortáveis), lavatórios e carrinhos de coloração. Já os de manicure precisam ter mesinhas e carrinhos que abriguem as ferramentas necessárias, assim como expositores de esmaltes e pequenas poltronas para os clientes.

 

Com todos os passos cumpridos, você com certeza terá um salão muito bem decorado. Apenas lembre-se de servir a funcionalidade e seguir o estilo do público definido. Precisando decorar o salão de beleza? Entre em contato com a Brudine!